segunda-feira, 29 de abril de 2013

Frankenstein

Aquietar o coração,
recolher as sobras dos sonhos
e construir novo corpo
tão oblíquo e errante
quanto o outro.
Mas sem destroços...
Adeilton Lima

Nenhum comentário: