segunda-feira, 21 de novembro de 2011

terça-feira, 15 de novembro de 2011

O Poema

Quando olhei para o lado o poema estava ali, estendido, caído na calçada. Depois de reanimá-lo, trouxe-o para casa. Coloquei-o em um livro e percebo agora que ele está melhor apesar de um certo estranhamento ao novo habitat... No entanto, a notícia é apenas para tranquilizá-los. Logo, logo, ele retornará ao mundo, que é o seu lugar. Ou melhor, ao mundo que ele preferir. Cada vez mais poema!


Adeilton Lima