domingo, 15 de maio de 2011

Das Existências

A existência da borboleta é em ziguezague.
A existência do cão é em diagonal.
A existência do beija-flor é a leveza.
A existência da cobra é o veneno.
A existência do tigre é o ímpeto.
A existência da rã é o salto.
A existência do vaga-lume é a escuridão.
A existência do cavalo é a força.
A existência do pássaro é o horizonte.
A existência do caramujo é a espiral.
A existência do verso é a lua!
A existência do poeta é o traço,
Linha reta ou oblíqua...
A existência do ator é o palco
Abismo...
Diante do qual se aprende a voar!

Adeilton Lima

Nenhum comentário: