segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Vício

O ócio da pele
No vício da carne
A saliva escorrendo
No bico do seio...
A língua pousando
No umbigo da deusa.
Dedos trêmulos
Nervos tesos
E a labareda atrás do pescoço
Descendo pelo veio da espinha
Como se houvesse um lá fora...

Adeilton Lima

Nenhum comentário: