segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Confessionário

Sim, fui eu quem roubou aquele arco-íris que agora paira sobre minha janela de versos! Uma harpa a celebrar o abrir e o fechar dos dias!

Google

Nenhum comentário: